• Cigarro e anticoncepcionais: uma combinação perigosa

Pixabay/Livre Publicação
Cresce o número de casos de trombose em mulheres

O uso de pílula anticoncepcional, associado ao tabagismo, pode elevar, de forma expressiva, as chances das mulheres desenvolverem trombose e até derrame. Isso é o que diz um levantamento realizado pelo Ambulatório de Trombofilia do Hospital de Transplantes do Estado de São Paulo.

O estudo acompanhou cerca de 400 mulheres entre 20 e 45 anos, que tiveram trombose venosa. 180 (45%) delas fumavam e também faziam o uso de anticoncepcionais.

E os números alarmantes continuam subindo, por isso, as mulheres devem redobrar a atenção e os cuidados com a saúde. Segundo a diretora médica do Laboratório Frischmann Aisengart, Myrna Campagnoli, os principais fatores  de predisposição para trombose venosa profunda são as alterações genéticas, dislipidemias, hipertensão artéria, obesidade, sedentarismo e tabagismo e, quando associados ao uso de contraceptivos orais se potencializam. “Estes riscos, associados ao uso da pílula, estão informados na bula dos medicamentos. O grande problema é quem nem sempre a pílula é prescrita por um médico. Portanto, esta avaliação de risco, muitas vezes, não é feita”, ressalta.

A médica explica que a trombose venosa profunda acontece quando há formação de um coágulo sanguíneo em uma veia do interior do corpo, dentro dos músculos das pernas, por exemplo. “Os hormônios dos anticoncepcionais, como o estrógeno e a progesterona, alteram aumentam os fatores de coagulação do sangue, aumentando as chances de desenvolvimento de coágulos nas veias profundas maiores”, destaca.

A primeira orientação é evitar a automedicação e consultar seu médico sobre o melhor método contraceptivo para você. Além disso, é preciso buscar ajuda para reduzir os fatores de risco, como obesidade, dislipidemia e tabagismo também é muito importante. A escolha do método contraceptivo deve ser individualizada levando em conta a sua idade, fatores de risco, histórico familiar e condição financeira. “Além da pílula, existem muitos outros métodos contraceptivos a serem considerados e o preservativo que ainda previne a contaminação por doenças sexualmente transmissíveis”, finalizada Dra. Myrna.

• Saiba tudo sobre design de sobrancelhas: a melhor técnica para recuperar a harmonia do seu rosto


Esteticista explica os diferentes desenhos de sobrancelha e dá dicas para uma experiência positiva 

Não adianta passar horas fazendo a maquiagem perfeita, se o que define o olhar de verdade - as sobrancelhas - não estão feitas. Isso é a mais pura verdade, porém, com as técnicas de design de sobrancelhas, apenas limpá-las e tirar os pelos em excesso, não são suficientes. Estar com as sobrancelhas perfeitas se tornou uma febre. Hoje em dia, as mulheres não só limpam as sobrancelhas, como experimentam diferentes desenhos, gastam dinheiro com paletas de sombra e pincéis apenas para as sobrancelhas e, não satisfeitas, também gastam vários minutos preenchendo-as para que estejam o mais próximo possível da perfeição. Hoje em dia, um design de sobrancelhas com micropigmentação chega a custar mais de R$500,00.
 
Nathalie Moreno, esteticista e co-proprietária do Espaço Lótus, comenta a obsessão das mulheres com a perfeição das sobrancelhas “Antigamente, as únicas que precisavam se preocupar com isso eram as celebridades, porque nós mesmas, mulheres comuns, não tirávamos muitas fotos. Hoje em dia, com as selfies e o grande fluxo de postagens nas redes sociais, as pessoas se tornaram muito mais perfeccionistas” diz.
 
Não é a toa, que em redes sociais como o Instagram e Snapchat, blogueiras e youtubers de moda, lançam tutorais apenas sobre como preencher as sobrancelhas de forma correta. São sombras e lápis de longa duração especificamente desenvolvidos para sobrancelhas, pincéis e iluminadores, além de diversas técnicas e tem até tatuagem “Mas é importante ressaltar, que não adianta preencher a sobrancelha, se o desenho não estiver legal. As mulheres antenadas sabem disso e por isso o design de sobrancelhas evoluiu tanto. A procura pela sobrancelha perfeita é uma real preocupação estética”, afirma Nathalie.
 
De acordo com a esteticista, esta não é uma preocupação banal e é muito importante para a harmonização do rosto “O olhar é a característica mais marcante do rosto e a sobrancelha o complementa. E é exatamente por isso que o design é feito de acordo com o formato do rosto da pessoa. Vejo muitas clientes entrando na clínica querendo a sobrancelha de uma certa atriz, mas não é por aí. Isso depende das medidas do seu rosto e a quantidade de pelos que você tem para ser trabalhado”, conta.
 
Confira as dicas de desenho da esteticista para cada tipo de rosto:
 
Rosto quadrado: Sobrancelhas com apenas um pouco de inclinação nas pontas.
 
Rosto oval, redondo e retângulo invertido (queixo longo): Sobrancelhas arqueadas e com pouca curva.
 
Rosto retangular: Sobrancelhas retas e com inclinação para baixo.
 
Nathalie dá um último conselho “Mesmo que seja apenas para limpar, sempre procure um profissional qualificado. Ter uma sobrancelha desarmoniosa pode acabar com o seu olhar. E não abuse dos preenchimentos, uma sobrancelha natural é sempre mais bonita”, conclui a esteticista.

Serviço: Espaço Lótus
Clínica Estética
Nathalie Moreno e Shane Tsuji

contato@espacolotus.com.br
@espacolotus.estetica

(21) 3328-3225
(21)97283-0943

Av. Paisagista José Silva de Azevedo Neto, 200, bloco 5, sala 426 / O2 Corporate & Offices - Barra da Tijuca, Rio de Janeiro.

• Você quer emagrecer só para o verão ou para a vida toda?

Coach de emagrecimento revela o segredo da reeducação alimentar e como manter o peso perdido 

Em uma época em que as pessoas se preocupam muito mais com sua imagem digital e as milhares de fotos postadas em suas redes sociais, a busca pelo corpo perfeito se tornou incessante. Um costume que antes era considerado mais feminino, fazer dieta e contar calorias se tornou unissex. No entanto, com o grande fluxo de informações circulando o tempo todo, o número de pessoas que seguem varias dicas de sites e blogs, inclusive as dietas e ignoram até mesmo as nutricionistas, é absurdo. 
 
Hoje em dia, homens e mulheres procuram as mais inusitadas formas de emagrecer - sem querer mudar hábitos de forma definitiva. Usam de artifícios para emagrecerem de forma rápida, como dietas extremamente restritivas, sucos detox milagrosos, dentre outras coisas, tudo para emagrecerem o máximo em menor tempo. Muitos vão além e apelam até para remédios perigosos sem prescrição médica. 
 
A coach em Emagrecimento e também Terapeuta Ocupacional, Daniele Veríssimo, explica que o emagrecimento vem de dentro “Não é apenas ‘fechar a boca’, como dizem, ou simplesmente fazer dieta. Com dietas, se não houver uma manutenção, você ganha tudo de novo quando parar. A pessoa precisa mudar seus hábitos alimentares para o resto da vida e para isso tem que haver um preparo psicológico”, diz.
 
Segundo Daniele, o indivíduo começa se sabotando quando coloca um prazo para a dieta “Se a mulher, por exemplo, só vai ingerir menos calorias para tentar entrar em um vestido para o final de semana, ela já começa errando. A chave para emagrecer De forma consistente não tem prazo, pois é um trabalho que envolve mudanças internas, é muito mais do que simplesmente  fazer reeducação alimentar. Cada pessoa se transforma internamente e lida com situações da vida cotidiana . E isso não tem data de validade. ”, explica Daniele.
 
A coach de emagrecimento, que tem uma história parecida com boa parte das mulheres, encontrou na força do pensamento o empurrão que precisava para perder 17kg “Eu cheguei a pesar 104kg e só o que passava na minha cabeça era que eu não queria chegar na 3ª idade com tantas limitações. Iniciei um processo de emagrecimento e após perder 17kg, decidi me tornar coach de emagrecimento e ajudar pessoas a se transformarem de dentro para fora”, compartilha a especialista.
 
Ainda de acordo com Daniele, a principal causa de desistências em dietas, é a ansiedade. “Quando uma pessoa quer perder muitos kilos, ela não consegue fazer uma dieta restritiva por muito tempo. Perece que o tempo para chegar aonde quer demora muito mais do que o que havia se dado e programado. Com isso, acabam furando as dietas e os treinos físicos. E volta ao ciclo que é vicioso: desânimo, furo na dieta, pouco emagrecimento e desânimo de novo”, explica Daniele.
 
A coach diz que toda reeducação alimentar saudável também é emocional e, portanto, não é para se desesperar “O emagrecimento deve ser além da estética. Você tem que emagrecer para ter uma vida saudável, de forme consistente, para que seja definitiva. E um esforço máximo somente por uma semana não garante isso, pois devem existir mudanças mentais, para haverem mudanças comportamentais. Então, é um processo longo, que deve ser iniciado pelas razões certas para que dê certo”, conclui a coach.
Daniele Veríssimo
Coaching para Emagrecimento
(21)983143517

• Quer perder 1,5kg em 90 minutos? É possível!

Conheça o Ultra Detox, a massagem modeladora que elimina até 1,5kg e 10 cm de barriga em apenas uma sessão! 

Pode parecer mágica, mas é real. A Ultra Detox é um procedimento que utiliza cinco técnicas estéticas ao mesmo tempo e tem propriedades termogênicas e diuréticas. Através da combinação de esfoliação, ultrassom, massagem modeladora, máscara de argila e manta térmica, a Ultra Detox quebra e amolece células de gordura, além de estimular a eliminação de toxinas do corpo pela urina e suor. E agora, com o verão se aproximando, é a época perfeita para ser adepta ao tratamento e entrar mais sequinha no biquíni.
Nathalie Moreno, esteticista e co-proprietária da clínica estética Espaço Lótus, na Barra da Tijuca, diz que o Ultra Detox é um dos procedimentos mais eficazes e tem tido muita procura “As mulheres saem da clínica encantadas consigo mesmas. O resultado é visível mesmo ainda depois da primeira sessão”, comenta a profissional.
De acordo com Nathalie, é possível eliminar de 300gr a 1,5kg por sessão “O que vai determinar o quanto a paciente vai perder, é o seu próprio metabolismo. Mas mesmo perdendo apenas gramas por sessão, o resultado visual é aparente. A região desincha bastante e, além disso, os procedimentos são ótimos para amenizar a celulite”, conta.
Porém, segundo a esteticista, é necessário que a paciente diminua o consumo de alimentos muito calóricos e principalmente, com alta quantidade de sódio (sal) “A gordura quebrada será transformada em energia para o corpo, então, para que ela seja toda eliminada, é recomendável que a paciente entre em uma dieta de baixa caloria enquanto fizer as sessões”, explica. Segundo Nathalie, o ideal é que sejam feitas de 8 a 10 sessões.
Para potencializar o efeito do tratamento, Nathalie diz que há alguns truquezinhos “Ingerir chá verde antes das sessões é muito bom, pois acelera o metabolismo de uma forma natural. Utilizar cintas modeladoras após o procedimento ajuda a formar o shape ideal enquanto a gordura é mandada embora. E tomar, pelo menos, 2,5 litros de água por dia também ajuda a eliminar as toxinas e a gordura”, aconselha.
O Ultra Detox não é recomendado para gestantes e pessoas com pressão alta.
Serviço:Espaço Lótus
Clínica Estética
Nathalie Moreno
Av. Paisagista José Silva Neto,200, bloco 5, sala 426 / O2 Corporate & Offices - Barra da Tijuca, Rio de Janeiro
@espacolotus.o2
(21) 3328-3225

• Quer ficar com aparência mais jovem em 30 minutos? É possível!

Fisioterapeuta explica a técnica japonesa milenar da massagem Kobido e diz já ser possível notar diferença na primeira sessão

São inúmeros os fatores que levam a pele ao envelhecimento precoce. O stress, a poluição, excesso de sol e o fumo, são os principais responsáveis por estragar a pele. Além disso, o uso prolongado da maquiagem também é considerado um arqui-inimigo do seu rosto. Com as altas temperaturas e umidade do verão se aproximando, uma pele de porcelana é a chave para diminuir o uso da maquiagem e combinar perfeitamente com os outros preparos corporais para a estação.
O método japonês Kobido promete maior elasticidade, firmeza, suavidade e brilho à pele do rosto. Através de uma massagem quecombina a técnica de Shiatsu com movimentos rápidos e lentos na pele, reativando a circulação, destruindo células mortas e promovendo maior produção de elastina e colágeno na pele do rosto. Dessa forma, as rugas vão suavizando e a pele vai ganhando um efeito rejuvenescido.
Segundo a fisioterapeuta Ana Gil, diretora do Espaço Ana Gil - clínica de fisioterapia, estética e Pilates –“O rosto fica mais suave e com um brilho natural e a diferença já é notável na primeira sessão. Eu vejo as minhas pacientes saírem radiantes das sessões de Kobido. Mas é claro que para um resultado mais duradouro, são necessárias mais sessões.”, afirma a especialista.
A massagem Kobido não só firma e rejuvenesce a pele do rosto, como também auxilia no tratamento do stress. “Ao realizar a massagem, pressionamos pontos de stress localizados na cabeça, aliviandoas tensões”, explica Ana. 
No entanto, de acordo com Ana Gil, a massagem Kobido não é indicada para todas as pessoas. “O procedimento é para pessoas mais maduras, embora muitos jovens a procurem também. Para pessoas que tenham acne, erupções na pele e cicatrizes recentes, a Kobido não é indicada”, comenta.
Além disso, a profissional comenta o lado negativo de se realizar a massagem sozinho. “Muito se fala que a Kobido pode ser feita em casa, como uma automassagem. Não é inteiramente errado, mas um profissional sabe a pressão certa a ser aplicada, a rapidez dos movimentos e onde tocar. Por mais que haja tutoriais na Internet, ao procurar um profissional especializado, os resultados são mais garantidos”, conclui a fisioterapeuta.

Serviço: Espaço Ana Gil
Ana Gil
Fisioterapia Ortopédica, RPG, Estética ePilates. Pós-graduada em Anatomia Humana e Biomecânica – UCB, Mestre em Educação Física - EEFD/UFRJ.
21 2439-8600/98173-9765
Av. das Américas, 2.250, sala 306, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, RJ.

• Antitranspirantes e desodorantes: como escolher o melhor para sua pele e rotina


Em barra, spray, aerossol, roll on, creme ou cristal? Consultor da Netfarma dá dicas para manter as axilas saudáveis e livres de odores. Os desodorantes e antitranspirantes são, provavelmente, alguns dos itens mais essenciais na rotina de higiene de qualquer pessoa. Sem eles, as bactérias presentes em nossas axilas se decompõem quando suamos e causam mau cheiro. A melhor forma de evitar o odor é manter a axila limpa e saudável e usar um desodorante que seja adequado para a pele e tipo de rotina. De acordo com Dr. Daniel Dziabas, dermatologista consultor da Netfarma, o primeiro passo para evitar odores é manter a região limpa, depilada ou com pelos aparados, e prestar atenção no nível de transpiração. "Se você é uma pessoa que transpira pouco, e quer apenas diminuir ou eliminar o odor das axilas, um desodorante após o banho pode ser suficiente. Porém, se o caso é de muita transpiração, pode-se avaliar o uso de um desodorante antitranspirante, que antigamente era mais difícil de achar. Os antitranspirantes funcionam como inibidores da transpiração, diminuindo o suor e mantendo a área relativamente seca", explica o especialista, que é membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). Pessoas com rotinas aceleradas, que trabalham ao ar livre ou que fazem exercícios físicos, podem escolher os antitranspirantes, que darão mais segurança e conforto ao longo do dia. E para os que se preocupam com o perfume, vale lembrar que a maioria dos antitranspirantes tem um leve perfume e possuem em sua fórmula ação bacteriostática, ou seja, que combate as bactérias que causam o mau cheiro. A exceção são as pessoas que possuam algum tipo de alergia a desodorantes e antitranspirantes comuns, e estas precisam se consultar com um dermatologista que poderá prescrever uma solução adequada. Depois de optar pelo desodorante ou antitranspirante, é hora de pensar em qual formato de aplicação e textura o produto funcionará melhor para na pele: barra, spray, aerossol, roll on, creme ou cristal. Confira características gerais de cada um, lembrando que há diferenças de produto para produto e que vale ficar atento aos ingredientes: • Roll-on: De rápida absorção, o roll-on faz com que o produto dure de 8 a 12 horas. Quando aplicado na pele, forma uma espécie de filme protetor que reveste as axilas e vai sendo liberado aos poucos no corpo. O hidratante presente no produto pode ajudar a evitar o ressecamento da pele no local, mas em alguns casos pode causar a obstrução dos poros e inflamação. Vale ficar atento. • Creme: Por ser mais consistente e ter substâncias que hidratam e amacia a pele, o creme é ideal para pessoas com pele sensível e que costumam depilar as axilas com lâmina. Como o produto é aplicado com as mãos, elas devem estar sempre bem limpas ao manuseá-lo para evitar a contaminação e a proliferação de bactérias. • Barra (também chamado de bastão ou stick): Tem características semelhantes às do creme, com a diferença de que proporciona uma aplicação mais seca e suave. Também por ser em formato de bastão, e não é necessário usar as mãos para aplicá-lo. • Spray: Essa é uma das formas menos eficazes de desodorização. Eles se apresentam na forma líquida e quando são borrifados na pele, costumam escorrer, não se fixando de maneira segura – assim, a chance de o mau cheiro aparecer ao longo do dia é maior. É o tipo menos indicado para homens, já que os pelos das axilas dificultam ainda mais a fixação desse produto na pele. O uso pode causar ardência na pele, principalmente após a depilação. • Aerossol: O jato de aerossol é o que seca mais rápido, dentre todas as outras opções. Também tem forte fixação e dura bem ao longo do dia. Porém, além de poder causar irritação na pele, já que a formulação pode conter alumínio, pode também manchar as roupas. • Cristal: O desodorante em cristal agride menos a pele, já que a quantidade de alumínio é mais baixa. A aplicação é simples: basta molhar a ponta do cristal na água e passar nas axilas. O produto cria uma camada que promete protege a pele das bactérias que causam odores. Sobre a Netfarma – A Netfarma é a loja online próxima, confiável, transparente, prática e conectada que oferece todos os produtos de saúde, beleza, higiene e perfumaria, inclusive medicamentos, cosméticos e suplementos, para atender às necessidades dos clientes de qualquer lugar do Brasil. Através do site Netfarma.com.br ou do call center (11) 4619-8800, você encontra remédios e produtos de saúde, beleza e de farmácia online de forma simples, rápida, fácil e segura. O serviço da Compra Automática permite a assinatura dos produtos de uso frequente, sem ter que repetir o processo de compra todos os meses. A Netfarma prioriza o cuidado e discrição com o pedido, que chega protegido na #netbox. A empresa conta com o selo Diamante da e-bit, concedido às empresas que demonstram comprometimento com a satisfação do consumidor.

• Novembro Azul: É preciso tocar neste assunto

Estimativa para este ano é 60 mil novos casos de câncer de próstata no Brasil “Mesmo com o fácil acesso e agilidade nas informações, ainda há uma certa resistência masculina na realização de consultas preventivas”, afirma o médico urologista do Hospital VITA Dr. Osni Silvestri. Segundo ele, o preconceito relacionado aos exames continua a ser uma barreira para o diagnóstico precoce, assim como, procurar um médico somente quando se está com algum sintoma, pode levar, muitas vezes, a um diagnóstico tardio, além de dificultar o tratamento. O especialista explica que se identificado na fase inicial, isto é, quando não são apresentados sintomas claros, o tratamento do câncer de próstata é mais simples e com grande possibilidade de cura. O problema é o segundo tipo de câncer mais comum entre os homens brasileiros. Estatísticas apontam que o câncer de próstata mata um homem a cada 15 minutos e ocorrem cerca de 50 mil casos por ano. Sendo que para 2016, a estimativa do Instituto Nacional de Câncer (INCA) é de 61.200 novos casos no país. O último levantamento realizado pelo órgão contabilizou 13.772 óbitos causados pela neoplasia em 2013. Alguns desses tumores podem crescer rapidamente, espalhar-se para outros órgãos e levar à morte. "A grande maioria, porém, cresce de forma tão lenta que não chega a dar sinais", alerta Silvestri. A doença também é considerada um câncer da terceira idade, já que cerca de 75% das ocorrências no mundo aparecem a partir dos 65 anos. Porém, o médico alerta que é recomendado que se inicie a realização anual de exame aos 45 anos e, se o homem tiver histórico de câncer de próstata na família, o acompanhamento deve iniciar a partir dos 40 anos. Um homem cujo pai ou tio tiveram câncer de próstata tem o dobro de risco de desenvolver a doença. Esse risco torna-se maior ainda para os homens que têm um irmão com o problema. Se o paciente tiver menos de 65 anos e um parente com a neoplasia, a probabilidade aumenta de 6 a 11 vezes. Incidência Desconsiderando os tumores de pele não melanoma, o câncer de próstata é o mais incidente entre os homens em todas as partes do Brasil, com 95,63 para cada 100 mil habitantes na Região Sul, 67,59/100 mil no Centro-Oeste, 62,36/100 mil no Sudeste, 51,84/100 mil no Nordeste e 29,50/100 mil na Região Norte. Doenças do homem Além do câncer de próstata, o médico conta que as doenças que acometem a população masculina com mais frequência são a hiperplasia prostática (aumento da próstata), a litíase urinária (pedras nos rins) e a impotência sexual. Para detectar essas alterações, são recomendados alguns exames: PSA (antígeno prostático específico), função renal, glicemia, exame de urina e dosagens hormonais, os quais devem ser feitos uma vez por ano. A proteção contra essas anomalias passa por hábitos de vida saudáveis como alimentação equilibrada, não fumar e praticar atividades físicas. Estas atitudes contribuem para a melhoria da saúde e prevenção de doenças. Sobre o Hospital VITA} A primeira unidade do Grupo VITA no Paraná foi inaugurada em março de 1996, no Bairro Alto, e a segunda em dezembro de 2004, no Batel. O VITA foi o primeiro hospital brasileiro a conquistar, no início de 2008, a Acreditação Internacional Canadense CCHSA (Canadian Council on Health Services Accreditation). A certificação de serviços de saúde avalia a excelência em gestão e, principalmente, a assistência segura ao paciente. Possui também o nível de excelência na certificação nacional da Organização Nacional de Acreditação (ONA) e é um dos hospitais multiplicadores do Programa Brasileiro de Segurança do Paciente (PBSP). Ele visa disseminar e criar melhorias inovadoras de qualidade e segurança do paciente. Integra também o grupo de hospitais da Associação Nacional de Hospitais Privados – ANAHP. O VITA oferece atendimento 24 horas e é referência nas áreas de cardiologia, cirurgia geral, neurologia, cirurgia bariátrica, medicina de urgência, urologia, terapia intensiva, traumato-ortopedia e pediatria. Além disso, dispõe de um completo serviço de medicina esportiva, prestando atendimento a atletas de diversas modalidades; serviço de oncologia; Centro Médico e Centro de Diagnósticos. Para garantir um alto nível de qualidade nos serviços prestados aos pacientes, o VITA tem investido em ampliação da infraestrutura, tratamentos com equipes multidisciplinares, modernização dos equipamentos, humanização no atendimento, qualificação dos profissionais e segurança assistencial.

• Vacinação na fase adulta é indispensável para a proteção contra doenças


A vacinação é um dos fatores mais importantes para a prevenção de doenças. Em crianças, tomar a vacina é algo que já faz parte dos cuidados praticados pelos brasileiros e algumas enfermidades foram erradicadas após a instituição de campanhas de vacinação regulares, como a Poliomielite. Entretanto, depois de entrarem na fase adulta, muitas pessoas esquecem que a imunização ainda é importante para a manutenção da saúde.

Quando o corpo entre em contato com um vírus ou uma bactéria, pode ou não desenvolver a doença, mas iniciará a produção de anticorpos contra o microrganismo o que pode tornar o indivíduo imune a esta doença no futuro. O processo de imunização imita essa ação e promove antecipadamente a formação de anticorpos. Por isso, a imunização permite que o organismo se prepare para combater bactérias e vírus que causam doenças graves, sendo indispensável para a prevenção ou pelo menos, amenização destas doenças.

A aplicação de vacinas contra gripe (influenza), muito comum no Brasil, já é rotina para adultos e idosos. Entretanto, o calendário de vacinação de adultos é composto por outras vacinas igualmente importantes e que muitas vezes são esquecidas. “É importante lembrar que cada indivíduo tem uma necessidade diferente de vacinação. As indicações variam com a idade, sexo, estação do ano, região de moradia, profissão e a ocorrência de surtos de doenças. Atualmente, tem – se indicado o reforço da tríplice viral que protege contra sarampo, caxumba e rubéola para indivíduos até 49 anos, em virtude do surto de caxumba”, explica a médica Dra. Myrna Campagnoli, do Laboratório Frischmann Aisengart.

As vacinas que fazem parte do calendário vacinal dos adultos e idosos  são igualmente importantes na prevenção de doenças graves, como Hepatites, Meningites, HPV, Doença pneumocócica e Herpes zoster. “É necessário que os médicos e pacientes estejam atentos à vacinação destas doenças. Algumas delas são realizadas em dose única e outras necessitam de mais de uma dose ou reforços de tempo em tempo, porque a primeira dose pode não conferir imunidade total ou porque pode ocorrer uma redução da imunidade com o passar dos anos, necessitando de renovação em determinado período de tempo, como a difteria e tétano e a Febre amarela, que devem ser tomadas a cada dez anos”, alerta a médica.


Sobre o Laboratório Frischmann Aisengart:

O Laboratório Frischmann Aisengart tem uma história de mais de 70 anos como referência na medicina diagnóstica, contando com mais de 600 colaboradores, 35 unidades de atendimento no estado, realizando em torno de três mil tipos de exames de análises clínicas. Além disso, oferece soluções diferenciadas e alto padrão de atendimento, contando também com o serviço de vacinas. Confira mais informações sobre a empresa no site www.labfa.com.br

• VÍCIOS: PREJUÍZO NA VIDA SOCIAL E PROFISSIONAL

Por Prof. Dr. Mario Louzã, médico psiquiatra, doutor em Medicina pela Universidade de Würzburg, Alemanha. Membro Filiado do Instituto de Psicanálise da Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo (CRMSP 34330)

Vício, seja ele químico (provocado por droga, álcool, tabaco e até medicamento) ou comportamental (jogo, compras, sexo ou internet), se caracteriza por uma compulsão, ou seja, um ato sem controle por parte da pessoa, muitas vezes percebido como um ato indesejado.

O vício (ou dependência) apresenta três aspectos: o desejo intenso (“fissura” ou “craving”) pelo elemento do vício; a abstinência, com sintomas como ansiedade; agitação; irritabilidade devido à falta do elemento do vício; e tolerância, quando a pessoa precisa de doses cada vez mais altas (ou atos cada vez mais intensos ou frequentes) para obter a mesma sensação de prazer.

A pessoa pode se viciar em algo quando, ao experimentar o elemento (tomar uma droga, jogar), o cérebro ativa um circuito neuronal chamado “sistema de recompensa”. A estimulação repetitiva deste circuito retroalimenta o desejo de estimulá-lo, gerando o vício.

Aspectos psicossociais e culturais podem influenciar o comportamento da pessoa viciada (dependente), perpetuando o círculo vicioso da dependência, seja química ou comportamental.

Os princípios gerais do tratamento de vícios são parecidos. A primeira conduta é obter a “abstinência”, o que não é fácil, pois a síndrome de abstinência gera uma sensação de total desconforto pela falta do elemento. A vontade incontrolável de tê-lo novamente pode fazer com que ele o busque a qualquer custo, se não estiver 100% empenhado no tratamento.

Nos primeiros dias da privação, a pessoa pode se sentir ansiosa, inquieta, insone, depressiva e irritável. Se os sintomas de abstinência (química) forem muito intensos, é possível que o médico indique medicações para aliviar o mal-estar ou até mesmo uma internação em uma clínica especializada (que dará segurança ao dependente e apoio 24 horas por dia). O período mais difícil de abstinência dura cerca de semanas, até que a pessoa esteja “desintoxicada”.

Abordagens psicoterápicas são utilizadas para auxiliar o dependente a lidar com a ausência do elemento do vício. A psicoterapia pode ajudá-lo também a entender a origem do vício, como lidar com os fatores que podem ter gerado este problema e quais alternativas adotar para se livrar do vício. É importante que os familiares se envolvam com o tratamento, que participem das orientações e/ou que façam psicoterapia familiar, que ajudará a própria família a entender melhor o problema e a lidar com o dependente da forma mais acolhedora possível.  

● Eliane Rodrigues - "Rita Fedon Entrevistas" (TV Floripa)

● Parceria do Blog Comportamento Saudável, com o Programa "Rita Fedon Entrevistas" (TV Floripa - canal 4 NET Florianópolis) ● Link da entrevista no YouTube: https://youtu.be/pXX_uVkIutI ● Curta o Rita Fedon Entrevistas: https://www.facebook.com/ritafedonentrevistas

Veiculação da entrevista: 10/11/16
Entrevistada: Eliane Rodrigues, micropigmentadora, designer de sobrancelhas e depiladora Assunto: "Sobrancelhas e sua evolução! Depilação mais que um cuidado, um carinho!"
Contatos - Endereço: Servidão Elpidio da Rocha, 115 - Bairro Rio Tavares, Florianópolis Cel e whats: (48) 84326939 e 96971949Email: nanigirassol@hotmail.com
Face: Studio ER sobrancelhas e depilação

• Diagnóstico e tratamento para a Febre Chikungunya, Dengue e Leptospirose

por Dr. Carlos Eduardo Prado Costa - CRM/SC 7222 A Febre Chikungunya, Dengue e Leptospirose são doenças diferentes, com sintomas parecidos. O que dificulta em muitos casos o diagnóstico e o início correto do tratamento. Tanto profissionais da saúde, como qualquer pessoa, precisam ficar atentos e bem informados, para não correr nenhum tipo de risco. Até pouco tempo não tínhamos tantos diagnósticos de dengue, como acontece em outras regiões do Brasil. Nossa realidade sempre foi a experiência com a leptospirose, por sofrermos mais situações de alagamentos, como enchentes e enxurradas. Como não temos a vivência frequente com a dengue e a Febre Chikungunya, e hoje temos, precisamos estar muito bem informados e qualificados para combater essa situação. A Chikungunya é uma doença parecida com a Dengue causada pelo Vírus CHIKV, transmitida também através da picada do mosquito Aedes Aegypti e menos comumente pelo mosquito Aedes Albopictus. Seus sintomas são parecidos com os da dengue com acentuação para a dor nas Articulações. Por isso do nome Chikungunya que quer dizer (aqueles que se dobram). A Febre Chikungunya de todas é a menos agressiva no sentido de óbito, mas seus efeitos duram muitos meses por afetarem as articulações e tendões. A Dengue é uma doença Febril causada por um vírus através da picada do mosquito Aedes Aegypti e que cada vez mais se espalha não só pelo Brasil, mas por todo o mundo. Existem quatro (04) tipos de Dengue, a pessoa que é infectada por um tipo de dengue fica imune para o resto da vida para o tipo que pegou, mas não para os outros, todas causam os mesmos Sintomas: Febre, Dor nos Olhos, Dor de cabeça, Cansaço, Enjoos, Vômitos, Dor nas Articulações entre outros. A dengue Hemorrágica causa alteração na coagulação sanguínea e leva ao óbito, assim como a Síndrome do Choque, grande queda ou ausência da pressão arterial. Já a Leptospirose é uma doença causada por uma Bactéria (leptospira) é contraída pela pessoa em contato direto com a água de enchentes ou a lama, penetra no corpo através da pele, boca ou olhos. Tem sintomas parecidos com outras doenças como, Gripe, Dengue e Febre Chikungunya. Os principais sintomas são: Dor de cabeça, Dores pelo corpo principalmente nas Panturrilhas, Hemorragias, Febre, Enjoos, Vômitos, Insuficiência Renal e Hepática e podem levar a morte.
Lembre-se: A sua saúde é o seu maior patrimônio. • Dr Carlos Eduardo Prado Costa (CRM/SC 7222) - Dr. Carlos Eduardo Prado Costa (CRM/SC 7222) é médico membro da Sociedade Brasileira de Clínica Médica. Presta assessoria em saúde pública e privada em todo o Brasil. Siga o facebook: https://www.facebook.com/drcarloscostamedico

• Conheça mais sobre o Cupping Therapy: a nova febre na preparação dos famosos para o verão


Fisioterapeuta e acupunturista explicam sua finalidade nos exercícios, recomendam e dizem que, nem sempre, fica tão roxo assim 

Se você assistiu aos Jogos Olímpicos, percebeu que o nadador americano, Michael Phelps, tinha marcas roxas cobrindo suas costas e ombros. Embora causem uma primeira impressão meio estranha, o americano, assim como todos os outros competidores de ponta que utilizam da técnica, não estão tendo nenhum problema com dores e locomoção. Pelo contrário, Michael Phelps conquistou com maestria - e folga - o primeiro lugar na natação dos Jogos Olímpicos 2016. E depois dele, famosos como Jennifer Aniston, Victoria e David Beckham, também adotaram o método inusitado.

A técnica utilizada, como comenta a fisioterapeuta, Ana Gil, se chama ventosaterapia, ou cupping therapy “A terapia com ventosas provém da medicina chinesa e pode ser utilizada tanto para diagnosticar, quanto para tratar diversas enfermidades. A prática consiste em utilizar copos de vidro com fogo, ou ventosas, aplicados diretamente sobre a pele, em áreas específicas do corpo ou nos meridianos da medicina tradicional oriental. Pode ser aplicada de forma fixa ou deslizante”, explica.

Segundo a especialista, seu objetivo é trazer o sangue para a periferia da pele e músculos, para induzir a troca gasosa nas células dos tecidos. Assim, libera-se a estagnação e permite um fluxo sanguíneo enérgico, local e sistêmico. Através de uma desintoxicação no fluxo local, elimina dores musculares, pós-exercícios, por diminuir consideravelmente a concentração de ácido lático após o esforço muscular excessivo.

“É uma técnica preventiva muito utilizada nos esportes. Ajuda a melhorar a performance do atleta, porque nutri as fibras musculares mais solicitadas”, diz Ana Gil “Métodos mais atuais, utilizam copos de plástico e uma pistola apropriada para a sucção", diz o Dr. Israel Amud, acupunturista do Espaço Ana Gil e adepto à técnica "Esta tem a vantagem de deixar menos marcas na pele, ou mais suaves, mantendo os mesmos benefícios terapêuticos", explica.

Segundo a fundadora do Espaço Ana Gil, esse método tem eficácia comprovada, e não somente no combate a dores de atletas “O método é indicado para desintoxicação em geral. Além de reduzir as dores nas costas e promover relaxamento muscular, ajuda a combater reumatismos, enxaquecas, diminui aparência de cicatrizes e até da celulite. Não só isso, também alivia ansiedade e stress”, afirma a fisioterapeuta.

No entanto, de acordo com Ana Gil, a terapia com ventosas também tem seus riscos e certos grupos não são aconselhados a fazê-la. Pacientes com suspeitas de hemorragias de qualquer natureza, gestantes, pacientes com dermatites - psoríase, micoses, cortes e ferimentos recentes no local da aplicação - insuficiência cardíaca, quadros viróticos e osteoporose severa, devem procurar outras fontes de tratamento.
Serviço: Espaço Ana Gil
Ana Gil
Fisioterapia Ortopédica, Pilates, RPG e Estética. Pós-graduada em Anatomia Humana e Biomecânica – UCB, Mestre em Educação Física - EEFD/UFRJ.
21 2439-8600/98173-9765
Av. das Américas, 2.250, sala 306, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, RJ.

• POR QUE AS REDES SOCIAIS PODEM AFETAR SEU PSICOLÓGICO?

Por Nicodemos Borges, psicólogo; Master-trainer dos cursos de formação de coaches do Instituto Nicodemos Borges; Sócio-Fundador da Contexto Análise do Comportamento; Mestre e Doutor em Análise do Comportamento pela PUC-SP; e Especialista em Terapia Comportamental e Cognitiva pela USP

Segundo a pesquisa da eMarketer, o Brasil é o maior usuário de redes sociais na América Latina. De acordo com o estudo, o Brasil registrou 78,1 milhões de usuários mensais ativos em 2014. No ano seguinte, este número foi para 86,5 milhões, ou seja, um incremento de 10,7%. Em 2016, até agora, o número de usuários subiu para 93,2 milhões, apontando um crescimento de 7,8%. É só olhar pelas ruas e confirmar: o brasileiro não tira os olhos da telinha do seu celular. Além disso, não há quem não tenha um perfil em alguma rede social ou que, pelo menos, conheça alguém que seja adepto.

Embora estas mídias sejam uma boa estratégia de comunicação e de divulgação pessoal e profissional, há aspectos negativos e até perigosos por trás de tanta exposição. Como as redes sociais permitem o compartilhamento de ideias e momentos, isso pode impactar de diversas maneiras, já que muitas pessoas acabam se comparando com os outros, gerando uma reflexão sobre suas próprias vidas.

Por exemplo: você está em um momento ruim, e vê uma postagem de alguém feliz, rodeado de amigos, em um lugar bacana. Isso pode fazer com que você se sinta pior ainda, pois é possível gerar uma sensação de fracasso e até de inveja, ainda que inconscientemente. Outro exemplo são os textos que lemos nas redes: quando uma pessoa que não sabe (ou acha que não sabe) escrever bem, e lê um texto irretocável de um colega, se sente inferiorizado, incapaz de escrever algo daquele nível. O inverso também pode acontecer: alguém ler algo muito mal escrito e se sentir superior a esta pessoa, pois julga ter um potencial bem maior para a escrita.

Uma das maneiras de avaliar a possibilidade de influência das redes sociais em nossas vidas é começar a perceber como você se sente cada vez que vê algo na rede. Se você viu uma foto linda de um amigo com sua esposa e filhos, sendo que seu casamento está desmoronando, e não se abalou com isso, é provável que as redes não influenciam na sua autoestima. Mas se você notar que, ao ver essa foto, sua vontade foi de jogar o celular na parede, pode ser sinal vermelho. Pior: se mesmo depois de se desconectar, você continuar com a sensação de fracasso e/ou inferioridade, é hora de refletir.

Em primeiro lugar, precisamos considerar que o que vemos nas redes sociais não refletem a realidade. De modo geral, as pessoas querem mostrar o “álbum da família feliz”, mas que nem sempre são tão felizes assim. Mesmo aquele colega que vive postando fotos sorrindo, em viagens por lugares paradisíacos, ao lado de uma bela mulher ou dentro da Ferrari dos seus sonhos, tem vários problemas. Não existe ser humano que não tenha, ao menos, algum problema. Mas é comum que as pessoas prefiram mostrar o seu “mundo encantado”. Por isso, não se iluda. O colega que, a cada postagem, está em um lugar diferente do mundo, com um sorriso de dar inveja, tem problemas como qualquer um –   talvez até mais do que você.

Há também aqueles que postam demais. Se esse comportamento for muito frequente – a ponto de comprometer a vida pessoal, profissional e/ou social –, se torna preocupante. Pode ser um sinal de que a pessoa está “fugindo” do mundo real e prefere viver no virtual. Vale lembrar que os “transtornos psiquiátricos” se caracterizam por déficits ou excessos comportamentais, acompanhados de comprometimento pessoal, profissional e/ou social.

Se você está sofrendo ou tendo sua vida comprometida por ficar acompanhando redes sociais, sugiro que saia de “férias” (exclua temporariamente) de suas contas das redes sociais. Vá ter relações com pessoas que estão fisicamente presentes. Assim, é mais provável que você se depare com pessoas reais, que têm momentos muito divertidos e felizes, e também momentos chatos e tristes. Esse contato com a realidade pode lhe ensinar que ter todas essas emoções e passar por todas essas situações é parte da vida, e que não há problemas em viver assim.

Sobre Nicodemos Borges

Nicodemos Borges é psicólogo, Master-trainer dos cursos de formação de coaches do Instituto Nicodemos Borges e Sócio-Fundador da Contexto Análise do Comportamento, especializada em psicoterapia, orientação e avaliações psicológicas. Nicodemos é Mestre e Doutor em Análise do Comportamento pela PUC-SP; e Especialista em Terapia Comportamental e Cognitiva pela USP. É Autor da primeira Tese de Doutorado relacionando Análise do Comportamento e Coaching; Psicólogo-coach Membro-Acreditado da International Society for Coaching Psychology (ISCP); Analista do Comportamento Acreditado pela Associação Brasileira de Psicologia e Medicina Comportamental (ABPMC); e Coordenador do Grupo de Interesse Especial em Coaching da ABPMC. Nicodemos Borges é um dos mais respeitados psicólogos-coach do Brasil e é Organizador do livro “Clínica Analítico-Comportamental: aspectos teóricos e práticos” (Ed. Artmed) – o livro é empregado em diversos cursos de Psicologia pelo Brasil, inclusive por instituições de renome, como USP e Mackenzie.

● Rosangela - ESCALDA-PÉS - "Rita Fedon Entrevistas" (TV Floripa)

● Parceria entre o Blog Comportamento Saudável e o programa Rita Fedon Entrevistas (TV Floripa - canal 4 NET Florianópolis) ● Link da entrevista no YouTube: https://youtu.be/TDYQ4dZfx-E ● Curta o Rita Fedon Entrevistas: https://www.facebook.com/ritafedonentrevistas
Veiculação da entrevista: 03/11/16 Entrevistada: Rosangela Ramos Carneiro Assunto: ESCALDA-PÉS
Contatos Rosangela Ramos Carneiro, terapeuta transpessoal, gineterapeuta e florais.  Coletivo Alecrim - Av. Julio Dacia Barreto, 145 - Carvoeira
Espaço Terapeutico IVA - R. Mal. Hermes, 157 - Estreito
E-mail: rorcarneiro@hotmail.com
Contato (48) 9979 9078

• Homens: Quanto tempo você quer viver e como pretende chegar lá?

por Dr. Carlos Eduardo Prado Costa - CRM/SC 7222

É comum o homem não cuidar de sua própria saúde. Eles vão ao médico apenas quando estão no limite ou sentem que tem algo muito errado e precisam de ajuda. Fazer anualmente um check-up é simples e é muito importante para garantir a qualquer indivíduo a possibilidade de viver mais e melhor. É muito mais confortante saber com antecedência se há algo errado e procurar um tratamento adequado. Quanto mais tarde tomamos esse tipo de atitude, menos chances nós temos de conseguir a cura.


O check-up anual é tão importante que pode livrar o cidadão de sérias complicações futuras com a sua saúde. Basta reservar uma semana em sua agenda durante o ano e procurar um profissional adequado, geralmente um clínico geral, que irá lhe repassar exames de rotina. 


Mas não vale fazer os exames e deixá-los “mofando” em uma gaveta qualquer da casa. Retorne ao seu clínico e os apresente. Lembre-se que em torno de 36% das pessoas que morrem de “morte súbita” (a maioria homens), são pessoas que não estavam sentindo nada. Ou seja, foram ao médico, fizeram os exames e não retornaram para mostrar os resultados, achando que estava tudo normal. Por isso é importante a prevenção, através de um check-up. Caso seja encontrada alguma anomalia, você receberá as recomendações sobre tratamento e sugestões de profissionais específicos para recuperar a sua saúde. Não importa se você faça o seu check-up na rede pública de saúde ou particular. O importante é você se sentir confiante em relação a sua saúde.


Um exemplo da importância de um check-up é a hipertensão. Ela pode não apresentar nenhum sinal ou sintoma aparente, e muitas vezes na hora que o paciente mede a sua pressão, ela está normal (100 – 120/60 – 80). Inclusive um diabetes pode ocorrer sem sinais específicos ou sintomas. Vale destacar que em homens o primeiro sinal de que há algo errado com a saúde, pode ser evidenciada com uma alteração leve na qualidade da ereção ou diminuição de desejo. Não se intimide, conte a sua história ao médico. A sua saúde vem em primeiro lugar, pois saúde não é somente a ausência de doença e sim fazer de tudo para não perdê-la!


Uma boa sugestão é você ir ao médico sempre bem informado. O seu clínico deverá solicitar os seguintes exames de rotina: Hemograma; Colesterol Total; HDL; Triglicerídeo; Glicemia de jejum; Hemoglobina Glicada; TGO/TGP/Gama – GT; PSA total (de 40 anos para cima); Testosterona Total; S- DHEA; S-HBG; Estradiol; Prolactina, LH/FSH e Pesquisa de Sangue Oculto nas Fezes (40 anos ou mais).


São exames de rotina e fundamentais para homens a partir dos 35 anos. Também devem ser incluídos para os homens a partir de 40 anos, teste ergométrico; ecocardiograma, US próstata via abdominal e colonoscopia (se não houver nenhuma queixa, repetir a cada cinco anos). A partir dos 50 anos os exames de sangue devem ser realizados de seis em seis meses e os exames de imagem e gráficos, anualmente (se não houver nenhuma intercorrência), também deve ser incluído um ultrassom de carótida e o toque retal obrigatoriamente.

Mesmo que você constate que está tudo em ordem, não quer dizer que você pode relaxar e continuar fazendo tudo o que julgar prazeroso, mas que aos poucos vai destruindo a sua saúde. Lembre-se: um câncer de próstata (sexta maior incidência no mundo) pode levar até quinze anos para se manifestar e dar alguma alteração no PSA ou no toque retal. Outro exemplo são as neoplasias cólon retais (terceira maior incidência no mundo), que podem levar anos para dar os primeiros sintomas, que muitas vezes podem se apresentar através de uma prisão de ventre ou em um sangramento nas fezes, que pode sugerir também, uma hemorroida.


Então, a pergunta que fica é:
qual o objetivo de fazer um check-up e realizar os exames de rotina? A resposta é que, quem se cuida e faz esses exames, tem mais chances de detectar qualquer alteração na saúde mais precocemente e ter um prognóstico melhor na evolução de um câncer. Lembre-se que a maioria das disfunções sexuais no homem pode indicar que há algo errado em alguma parte do corpo em geral, e que está se manifestando através de uma disfunção erétil. Vale destacar que as principais causas das disfunções sexuais (disfunção erétil e perda de libido), são a obesidade; a hipertensão não tratada; a diabetes; a cirurgia para ressecção da próstata total ou parcial; doenças do coração; doenças do pulmão (principalmente DPOC e tuberculose); AIDS; sequelas de radioterapia e quimioterapia; cirrose hepática; esteatose hepática, apneia do sono e entre outras.


• Dr Carlos Eduardo Prado Costa (CRM/SC 7222) -
 Dr. Carlos Eduardo Prado Costa (CRM/SC 7222) é médico membro da Sociedade Brasileira de Clínica Médica. Presta assessoria em saúde pública e privada em todo o Brasil. Siga o facebook: https://www.facebook.com/drcarloscostamedico

Mais visualizadas na última semana